Quase 4 toneladas de cocaína apreendidas na área do mar da Madeira

 

As autoridades espanholas interceptaram, no dia 1 de Outubro, um rebocador no Atlântico, numa zona compreendida entre a Madeira e os Açores e a 400 milhas do território continental, com quase quatro toneladas de cocaína a bordo. A droga vinha em 165 fardos, cada um com 23 quilos, que estavam escondidos em compartimentos do rebocador ‘Thoran’.

O navio, com bandeira das Comores, foi rebocado para Cádiz (Espanha), onde chegou na sexta-feira e os tripulantes, naturais da Turquia e do Azerbaijão, foram detidos. A operação foi realizada pelas autoridades policiais espanholas mas com recurso a informações fornecidas pelos britânicos da National Crime Agency (NCA) e coordenada pelo Maritime Analysis and Operations Centre-Narcotics (MAOC-N), sediado em Lisboa.

Esta apreensão coincide com outra ocorrida na mesma região do Atlântico, mais concretamente “600 milhas a sul dos Açores”. Há uma semana a Polícia Judiciária anunciou ter detectado e apreendido, com a colaboração da Força Aérea e Marinha Portuguesa, um veleiro que transportava 400 quilos de cocaína. Os dois tripulantes – um italiano e um montenegrino – foram detidos e o veleiro e a droga foram levados para Portimão.

Foto: ROMAN RIOS/EPA

Fonte: DN

 
 
 

0 Comentários

Pode ser o primeiro a deixar um comentário.

 
 

Deixe um comentário