Madeira vê aumentada quota de atum rabilho

 

Era um desejo que o Governo Regional vinha perseguindo e que agora foi alcançado – a quota de Atum Rabilho foi aumentada das 25 para as 39 toneladas.

Recorde-se que já em 2015 a Madeira tinha publicado uma resolução onde solicitava ao Governo da República que “qualquer acréscimo na quota Portuguesa de atum rabilho fosse integralmente atribuída à pesca de salto e vara das Regiões Autónomas, tendo em consideração a legitimidade resultante do histórico da atividade das embarcações que operaram na Zona Económica Exclusiva da Madeira”. Assim, por agora, a Madeira viu reforçada a quota sendo que é muito previsível que a pesca a este tunídeo possa ser dirigida e não no âmbito da pesca acessória.

Este resultado ganha mais destaque tendo em conta a quantidade de tunídeos descarregados nas lotas da Região até a presente data já ultrapassou o total do que foi registado no ano passado. Resumindo, em 2016, o total de tunídeos descarregados situou-se nas 2.723 toneladas sendo que este ano já se verificam 2.835 toneladas descarregadas.

Fonte: Governo Regional da Madeira

 
 
 

0 Comentários

Pode ser o primeiro a deixar um comentário.

 
 

Deixe um comentário