17,5 milhões investidos no porto de Portimão

 

Alargamento do cais de acostagem e dragagens no canal de acesso e na bacia de rotação.

O porto de Portimão vai receber um investimento de 17,5 milhões de euros para permitir a escala de navios de cruzeiro de maior dimensão. Estas obras de dragagem e ampliação do porto deverão estar concluídas em julho de 2020.

De acordo com o documento estratégico para o aumento da competitividade dos portos comerciais do Continente, que foi ontem publicado pelo Governo em Diário da República, o porto de Portimão ficará dotado de condições para passar a receber navios até 272 metros de comprimento – atualmente, o limite cifra-se em 215 metros.

As obras contemplam o alargamento do canal de acesso e da bacia de rotação, bem como a dragagem até à cota menos 10 metros. Além disso, será realizada uma intervenção no cais da Marinha para garantir duas frentes de cais de 330 e 180 metros para acostagem de navios.

“A procura deverá aumentar dos atuais 15 mil para 180 mil passageiros anuais em 2030, com um número de escalas de navios que deverá atingir os 190 movimentos anuais em contraste com os 50 movimentos que se verificam atualmente”, segundo revela o Governo.

“É uma grande alegria e o reconhecimento por parte do Governo da necessidade e da importância do porto de Portimão”, salienta ao CM Isilda Gomes, presidente da autarquia local, considerando que, em termos económicos, o aumento do número de turistas de cruzeiros “representa uma mais- -valia”, sendo “muito benéfico não só para o concelho como para toda a região algarvia”.

A obra será desenvolvida pela Administração dos Portos de Sines e do Algarve, sendo o investimento suportado por fundos comunitários e nacionais.

Fonte: Correio da Manhã

 
 
 

0 Comentários

Pode ser o primeiro a deixar um comentário.

 
 

Deixe um comentário