Mar de lixo

 

5678

A mancha de lixo flutuante situada entre a Califórnia e o Havaí é muito pior do que se imaginava, informou em outubro a Ocean Cleanup, fundação holandesa que busca tirar o plástico dos oceanos. Um voo de reconhecimento revelou que os detritos ocupam uma área mais ampla do que as estimativas anteriores e sua densidade é muitas vezes maior do que o estimado. O “coração” do mar de lixo se estende por cerca de 1 milhão de quilômetros quadrados, circundados por 3,5 milhões de km2 também tomados pela sujeira. Segundo o programa ambiental da ONU, o chamado Grande Depósito de Lixo do Pacífico cresce tão rapidamente que já pode ser visto do espaço. A Ocean Cleanup quer combater o problema com barreiras de borracha que usarão as correntes marinhas para concentrar o lixo flutuante, facilitando sua coleta. O primeiro teste deverá ocorrer em 2017.

Fonte: Planeta

 
 
 

0 Comentários

Pode ser o primeiro a deixar um comentário.

 
 

Deixe um comentário